28 Novembro 2018

México aposta no compromisso com um ensino digital de qualidade para todos

O propósito da solução educacional digital da Fundação Telefónica, em colaboração com a Fundação Bancária “la Caixa”, é reduzir a desigualdade educacional e ser uma referência mundial da transformação e inovação educacional. Inclui, de forma inter-relacionada, tecnologia, recursos educacionais e métodos de ensino-aprendizado para preparar e capacitar professores e alunos em habilidades e competências para seu futuro pessoal e profissional. Atualmente, é desenvolvida na Cidade do México, nos Estados do México e Guerrero, e encontra-se em processo de efetivação em Aguascalientes, Jalisco, Michoacán, Puebla e San Luis Potosí. Tem por objetivo beneficiar no país mais de 258,000 alunos, 877 centros educativos e 11,200 entidades educativas durante o ano letivo de 2018-2019.

Facebook twitter

Como obter um ensino de qualidade, inclusivo e personalizado? Com essa missão, em julho de 2016, nasceu a Fundação ProFuturo, entidade espanhola fomentada pela Fundação Telefónica e Fundação Bancária “la Caixa”, que uniram seus esforços e sua reconhecida experiência no campo do ensino com um objetivo comum: diminuir a desigualdade educacional no mundo, proporcionando um ensino digital de qualidade para crianças em ambientes vulneráveis na América Latina, África Subsaariana e Ásia.

A iniciativa das duas entidades deu origem a uma solução educacional digital, da qual a Sala de Aula Digital é o projeto que inclui, de forma inter-relacionada, tecnologia, recursos educacionais, métodos de ensino-aprendizagem, treinamento para professores e alunos, possibilitando, assim, a aquisição de competências. Envolve todos os agentes educativos: diretores, professores, alunos, famílias, autoridades e instituições, e proporciona um equipamento exclusivo desse tipo, que pode ser adaptado a qualquer ambiente, com ou sem conectividade.

Um dos aspectos diferenciadores do projeto é a personalização do aprendizado de cada aluno e o acompanhamento, por meio de controles aleatórios (ferramentas de monitoramento e métodos de impacto), que permitem observar o efeito real da operação e sua evolução.

Em 2016, foi lançado na África, sendo implementado paulatinamente. Na atualidade, o programa está em operação em 23 países, tendo sido adotado no México no final de 2017.

A Telefónica e sua Fundação querem ser um exemplo de inovação e diversidade. Para isso, aproveita as oportunidades oferecidas pelas tecnologias da informação, proporcionando acesso ao ensino universal de qualidade por meio de novas metodologias educacionais e competências do século 21 em vários idiomas e com um formato interativo. Ao mesmo tempo, compromete-se a apoiar o treinamento dos professores, proporcionando-lhes ferramentas para complementar e melhorar suas habilidades, a fim de oferecer aos alunos uma nova experiência em sala de aula.

Apresentação oficial da iniciativa

Em 12 de novembro de 2018, na cidade de Acapulco, foi apresentado oficialmente o projeto da Sala de Aula Digital, solução educacional digital: comprometidos com o ensino, em uma cerimônia formal na escola de ensino fundamental José Guadalupe Zuno Hernández (CCT 12DPR1177W) e, posteriormente, na escola Fernando Montes de Oca (CCT 12DPR6006K), nas quais foram realizadas simultaneamente três aulas de demonstração em grupos do primeiro, segundo e terceiro ano do ensino fundamental.

A apresentação da Sala de Aula Digital contou com a presença de:  Sofia Fernández de Mesa, Diretora-Geral da Fundação ProFuturo; Maria Dolores Martínez Bernabeu, Responsável pela Área de Operações do ProFuturo; Nidia Chávez, Diretora da Fundação Telefónica México; José Luis Gonzalez de la Vega Otero, Secretário da Educação de Guerrero; Alejandra Karin Alemán Koidl, Presidente da Niños en Alegría A.C.; Ma. Eugenia Acevedo Talavera, Diretora-Geral do Instituto de Investigación para el Desarrollo de la Educación, A.C.; e convidados especiais como: María Cristina Cárdenas Peralta, Coordenadora-Geral da @prendeMX da Secretaria de Ensino Público, representantes das presidências municipais de Acapulco e Zihuatanejo, autoridades do ensino e da equipe operacional.

Sofía Fernández de Mesa declarou: “A tecnologia bem focada tem o potencial de melhorar as oportunidades e as condições de vida de todos, diminuindo a desigualdade e promovendo um crescimento exponencial para o desenvolvimento das sociedades, traduzindo-se em um bem-estar econômico e, ainda mais importante, em um bem-estar social contínuo.

Além disso, José Luis Gonzalez de la Vega Otero, Secretário de Educação de Guerrero, comentou: “a colaboração com a Fundação Telefónica México em Acapulco e Zihuatanejo promove a igualdade de oportunidades ao utilizar as ferramentas digitais para apoiar a transformação do ensino.”

Alejandra Karin Alemán Koidl, Presidente da Niños en Alegría A.C., compartilhou: “A Sala de Aula Digital é um projeto que contribui para oferecer um ensino universal e de qualidade e, definitivamente, ajuda a diminuir a desigualdade digital. Causa maior impacto principalmente em Acapulco e Zihuatanejo, em conjunto com os programas em que a Niños en Alegría trabalhou há 15 anos com as comunidades escolares: marca um antes e um depois na vida de muitas crianças.”

Nidia Chávez, Diretora da Fundação Telefónica México, explicou: “nosso projeto da Sala de Aula Digital faz parte da solução educacional digital da Fundação Telefónica e Fundação Bancária “la Caixa”, oferece treinamento e acompanhamento aos professores, atores-chave do processo educacional, para que utilizem habilidades e métodos inovadores e digitais nas aulas. Também oferece conteúdos digitais aprovados por órgãos internacionais e que estão alinhados com o currículo mexicano. Trabalhamos em colaboração com os professores para transformar a sala de aula.”

No México, a Sala de Aula Digital (AD) foi incluída nos projetos desenvolvidos historicamente pela Fundação Telefónica México no âmbito do ensino: Salas de Aula Fundação Telefónica” (AFT) e “Laboratório de Cidadania Digital” (LCD).

A Sala de Aula Digital está em operação no ano letivo de 2018-2019 na Cidade do México, no Estado do México, Guerrero, e em processo inicial de implementação em Aguascalientes, Jalisco, Michoacán, Puebla e San Luis Potosí. Hoje, em conjunto com a Secretaria da Educação do Estado de Guerrero e a Niños en Alegría, A.C., temos o compromisso de transformar o panorama educacional de mais de 15,000 alunos, 40 escolas de ensino fundamental e 700 entidades educativas do estado.  A meta é beneficiar, no país, mais de 258,000 alunos, 877 centros educacionais e 11,200 entidades educativas durante o ano letivo de 2018-2019.

Os conteúdos da solução são desenvolvidos em três blocos, disponíveis em português, espanhol, francês e inglês: as competências linguísticas, as competências STEM, bem como os valores e as habilidades para a vida são alinhados com base nas coincidências do plano de estudos de ensino básico. No México, foi realizado um alinhamento curricular com os aprendizados esperados e conteúdos dos programas de estudo vigentes. Atualmente, estão em fase de elaboração os conteúdos do nível avançado e de especialização dos últimos anos da escolaridade básica. Contam com a avaliação da UNESCO por intermédio da Fundação Carlos Chagas (Brasil). O projeto da Sala de Aula Digital está alinhado com o novo modelo educacional no México: treinamento e acompanhamento com um enfoque pedagógico, suporte técnico com entidades que visitam regularmente as escolas para prestar assistência corretiva e preventiva, bem como o planejamento de clubes de autonomia curricular.