Quem somos?

A Fundação ProFuturo foi criada pelo presidente da Fundação Telefônica, César Alierta, e pelo presidente da “la Caixa” Foundation, Isidro Fainé, com a missão de contribuir para o desenvolvimento social e econômico de países com crianças em situação de vulnerabilidade, a fim de garantir a igualdade de oportunidades através de uma educação inclusiva e equitativa de qualidade na África Subsaariana, América Latina e Ásia.

CÓDIGO DE BOAS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA* | PRINCÍPIOS GERAIS DE ATUAÇÃO* | INFORMAÇÕES FINANCEIRAS*

(*Informaçaõ em espanhol)

Duas grandes instituições estão por detrás desta grande iniciativa, a Fundação Telefônica e “la Caixa” Foundation, que decidiram unir forças e experiência no mundo da educação para fazer com que crianças provenientes de áreas carenciadas possam adquirir uma experiência educacional de qualidade e para trabalhar pela igualdade de oportunidades para todas as crianças.

As duas instituições são líderes no trabalho social no campo do ensino e colaboram para conseguir melhorar a educação em todo o mundo. O acesso a uma educação de qualidade é um desafio mundial, deixado claro no quarto Objetivo para o Desenvolvimento Sustentável (ODS4).

Com o seu trabalho através da Fundação ProFuturo, a Fundação Telefônica e a Fundação “la Caixa” utilizam a sua experiência para transformar a educação nas áreas mais carentes, uma vez que a vulnerabilidade associada ao abismo digital aumenta o risco de exclusão. O último relatório da UNICEF sobre a “Situação Mundial da Infância 2017” chama a atenção para o risco da desigualdade digital na infância:

“A tecnologia digital, aproveitada de modo correto e disponibilizada em escala universal, pode mudar a situação de crianças que ficaram para trás, conectando-as a inúmeras oportunidades, conferindo as aptidões de que necessitam para triunfar num mundo digital. Entretanto, a tecnologia pode criar novas desigualdades que impeçam às crianças atingir todo seu potencial, exceto se o acesso a ela for ampliado”. ProFuturo tem focado seus esforços na América Latina, na África e na Ásia desde julho de 2016, contra essas desigualdades educativas.

Comprometidas com a educação

A Fundação Telefônica é uma das fundações que mais investe em educação digital no mundo todo. Presente há mais de 12 anos na América Latina, trabalha para oferecer melhores oportunidades às crianças por meio de educação digital de qualidade. Em 2005, deu início ao programa Pró-Menino com a finalidade de eliminar a pobreza nas regiões mais carentes. Através desse programa, escolarizou aproximadamente quinhentas mil crianças que trabalham e colaborou com suas famílias, escolas e comunidades para melhorar sua situação.

Além disso, a Fundação Telefônica e a Telefônica têm extensa experiência no mundo da educação e contam com aproximadamente 600 especialistas no setor. Desenvolveram inúmeros projetos para contribuir com a formação de alunos, professores e famílias, e para fomentar o empreendimento, a criatividade e a inovação no ensino. Entre esses últimos projetos estão o “Aulas Fundação Telefônica”, “Entre Professores”, “Escolas Criativas” e “Transformação de Escolas na América Latina”. Graças a essa experiência, adicionou materiais, metodologias e boas práticas ao programa ProFuturo, de forma que possam ser implementados em centros educacionais na América Latina, África e Ásia.

“la Caixa” Foundation, por sua vez, é a primeira da Espanha em investimento e uma das grandes fundações em nível mundial. Grande parte do seu orçamento global é dedicada a atender os grupos mais vulneráveis por intermédio da sua Obra Social, principalmente a infância e a educação. Essa Fundação tem projetos internacionais ativos na América Latina, em países como a Bolívia, Colômbia, Equador, Haiti e a Nicarágua, e na África, em países como o Egito, Burundi e o Quênia.

Seu compromisso com a educação é colocado em prática por meio de várias linhas, como as ações socioeducativas, a promoção do talento e medidas educacionais.  No campo socioeducativo, essa fundação realiza programas como o CaixaProinfancia, voltado desde 2007 a lares com crianças de 0 a 16 anos e que estão em situação de vulnerabilidade. Este programa tem como objetivo quebrar o círculo vicioso da pobreza aplicando serviços em prol da educação e da saúde. Em 2016, foram atendidas 63.600 crianças. Além disto, “la Caixa” Foundation realiza anualmente, desde 1982, um programa de bolsas de estudos voltadas a alunos universitários que gostariam de expandir sua formação por meio de estudos de pós-graduação. Desde que foi lançado, foram concedidas 4.350 bolsas de estudos para fazer o doutorado em centros de pesquisa de excelência na Espanha ou então no exterior (outros países da Europa, América do Norte e da Ásia).

Finalmente, por meio do EduCaixa, fomenta ações educacionais exigentes e de qualidade voltadas ao desenvolvimento holístico dos alunos, professores e diretores, a fim de dar um impulso à transformação e aprimoramento da educação, alinhado com o quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas relativo ao acesso a uma educação de qualidade equitativa e inclusiva para todos. O âmbito de atuação do EduCaixa encontra-se na Espanha e, em 2017, mais de 2,3 milhões de meninos e meninas e aproximadamente 10.000 centros educativos participaram do projeto.

“la Caixa” Foundation incentiva mais de 50.000 iniciativas que beneficiam aproximadamente 11 milhões de pessoas.

Nossos valores

Nossos valores nascem a partir dos valores da Fundação Telefônica e da Fundação “la Caixa”, fazemos parte deles e colocamos um pouco desses valores em tudo o que fazemos. Somos autoexigentes por princípio. Nosso compromisso é medido pelas nossas ações. Somos de fazer mais e falar menos, estamos conscientes da necessidade de contribuir para um futuro melhor e lutaremos para que este programa fale por nós amanhã.

Estamos abertos ao mundo, às pessoas, à vida. Gostamos de compartilhar nossa forma de pensar com os outros, contagiar nossa forma de pensar com os outros, contagiar nossa energia e absorver a energia dos outros. Trabalhamos como uma única equipe formada  por todos os que contribuem com nosso objetivo, sabendo que a complementaridade nos levará mais longe.

Governo

Composição do Conselho de Curadores da Fundação ProFuturo:

– Presidente: César Alierta Izuel, na qualidade de Presidente da Fundação Telefônica.

– Vice-presidente: Isidro Fainé Casas, representando a Fundação “la Caixa”.

– Membro: José María Álvarez-Pallete López, na qualidade de Presidente da Telefônica S.A.

– Membro: Jaume Giró Ribas, na qualidade de Diretor Geral da Fundação “la Caixa”.

– Membro: Luis Blasco Bosqued.

– Secretário não curador: Pablo de Carvajal González.

Equipe de Gestão:

– Diretora Geral: Sofía Fernández de Mesa

– Diretor Geral Adjunto: Javier Bertolín

– Produto e Inovação: Paula Valverde

– Operações: Lola Martinez-Bernabeu

– Parcerias Globais e Relações Institucionais: Leticia de Rato

– Controladoria e Finanças: Blanca Meléndez

Compliance e Controle Interno: Alejandro Gil

– Jurídico: Amparo Íñigo

Uma menção especial a Julio Rimoldi, que desde o início foi chave na concepção e fundação desta iniciativa, assim como promotor da parceria estratégica e do elo com Sua Santidade e o Vaticano. Atualmente ele ocupa o cargo de assessor estratégico.

Contato:

Endereço: Calle Gran Vía, 28. Planta 7. 28013, Madrid
Telefone: +34 915 84 00 14
Email: secretaria.profuturo@telefonica.com